Archives: novembro 2015

Enrolando no trabalho

Olá gente…enrolando no trabalho

Vou tratar de um assunto importante, mas de um modo pouco ortodoxo que pode torcer o nariz de muita gente. Porém, se o fato é real, resta enfrentar a situação, resolver o problema e aprender com os erros.

Segundo especialistas nossas atividades profissionais (no trabalho) se baseiam em três ações possíveis: fazemos reuniões, executamos uma tarefa ou desenvolvemos conhecimento.

As reuniões, curtas ou longas, grandes ou pequenas, cansativas ou não, promovem encontros de poucas ou muitas pessoas com objetivos comuns e finalidades específicas, independente de seus resultados. São ações com começo, meio e fim, com tempo determinado para seu início e término.

O pessoal da educação, por exemplo, está sempre envolvido com reuniões. Existem reuniões para tudo.

As tarefas são ações realizadas individualmente que podem ou não integrar uma equipe. É o trabalho propriamente dito. Executar uma atividade específica, fazer determinadas ligações e contatos, elaborar relatórios, encaminhar e acompanhar tarefas de outros, analisar documentos e petições, redigir despachos, determinar procedimentos, etc.

O conhecimento no trabalho é gerado pelo fato de estarmos envolvidos com essas atividades humanas. O fato de estarmos envolvidos com reuniões e tarefas favorece agregar e  elvar nossos conhecimentos como consequência da própria participação.

Aplicando-se uma lógica simples ao que foi exposto, pergunta-se: Se em seu horário de trabalho você não estiver participando de uma reunião nem está executando uma tarefa, que estará fazendo?

Certamente está enrolando! Calma! É chato, dizer isso, mas é a realidade. Você está enrolando mesmo. Vai dizer que quando uma pessoa em horário de trabalho navega na Internet, visitando sites diferentes, redes sociais, etc., está fazendo o quê?

Simplesmente enrolando e não fazendo uma tarefa que gere um resultado!

A ideia, aqui não é a crítica, mas a conscientização sobre a questão do foco no trabalho de modo a tornar suas tarefas produtivas.

Como sugestões para aumentar a produtividade, convém sugerir:

Crie sua lista de tarefas (diária, semanal, etc.), escreva lembretes e alertas, estabeleça metas, siga cronogramas e agendas, entre outras.

Isso aumentará sua produtividade além de reduzir o estresse ea procrastinação.

Então faça sempre a pergunta: O que eu estou fazendo no meu horário de trabalho é uma tarefa? Reunião?

Se não for, você está enrolando!

Pense nisso e encaminhe seus comentários.

Postado por Michel Assali