Archives: janeiro 2016

Pensar o Planejamento Escolar

Olá, gente…Planejamento escolar 2016

Aproxima-se o tempo do início do ano letivo de 2016 o qual é antecipado pelos preparativos que envolvem a elaboração do Planejamento Escolar e a recepção da comunidade escolar.

Pensar uma escola de sucesso é fundamental considerando que diversas pesquisas sobre a eficácia das escolas têm demonstrado algumas características semelhantes que destacam e favorecem o sucesso educacional do aluno.

Convém ressaltar que dificilmente não concordaríamos com esses aspectos ou dimensões enquanto referenciais teóricos, porém, para a consecução dos mesmos, parcial ou totalmente, faz necessário um intenso trabalho coletivo.

Nesse sentido, as lideranças no interior da escola serão fundamentais para influenciar e mobilizar toda comunidade escolar, ou seja, os próprios gestores, docentes, funcionários, alunos e pais.

Enfim, é preciso acreditar nas pessoas e na possibilidade da melhoria da qualidade do ensino e de um novo papel da escola, independentemente das adversidades de nosso momento histórico.

O trabalho é difícil, mas perfeitamente possível exigindo compromisso e envolvimento em função dos melhores propósitos para a educação de pessoas.

Seguem abaixo as principais dimensões e definições características de escolas eficazes, que podem servir como sugestões para subsidiar as discussões e elaboração do Planejamento Escolar.

 

Visão/estratégia.

Compreensão e definição de objetivos, princípios e expectativas em relação à escola, envolvendo toda a comunidade escolar, relacionando o papel da escola com os diversos sistemas sociais.

Pensar o planejamento como momento privilegiado de fazer e realizar ciência na educação.

 

Liderança.

Grupos de indivíduos que incentivam, trabalham em conjunto e apoiam a comunidade escolar a alcançar os objetivos.

Desenvolver lideranças nos diversos grupos e setores da comunidade escolar visando uma gestão compartilhada.

 

Elevados Padrões Acadêmicos.

Definição do que é esperado dos alunos ao nível de competências acadêmicas e sociais.

Competências sócioemocionais. Promoção de competências sócio-emocionais que têm impactos e m aspectos básicos na mediação de resultados de desempenho.

Altas expectativas geram altos desempenhos.

 

Parceria com a Família, Escola e Comunidade.

Participação e envolvimento da comunidade escolar e da família. A família tem o dever de educar e a escola, escolarizar. A participação da família no apoio acadêmico do aluno é fundamental. É preciso esclarecer isso às famílias.

 

Desenvolvimento Profissional.

Envolvimento dos professores para a realização de atividades consistentes e significativas de forma que possam se comprometer com a aprendizagem contínua.

A formação em serviço para os profissionais da educação impacta na qualidade do ensino. O investimento neste aspecto é fundamental.

 

Monitoramento e avaliação contínua.

Monitoramento, controle e avaliação constante dos dados dos conteúdos programas e dos desempenhos de alunos e professores, referentes aos conhecimentos, atitudes e valores.

A utilização de avaliações internas e externas aplicadas em momentos precisos tornam-se necessárias para as intervenções e ajustes do processo na consecução dos objetivos e metas.

 

(Fonte de pesquisa: de Characteristics of Successful Districts, (p.3), E. Burmaster, 2006, Wisconsin:

Wisconsin Department of Public Instruction)

 

Você tem mais alguma sugestão ou comentário? Encaminhe para compartilhar.

Ótimo ano letivo.

 

Postado por Michel Assali