Loucos por educação

love learning

Olá, gente…

O período de férias, recesso, descanso, etc. acabaram e o ano letivo de 2015 chega com tudo, animado por muitos feriados e pelas expectativas da realização de um excelente trabalho educacional.

Elevar as expectativas nesse momento é fundamental considerando munir-se de todos os aparatos teóricos e práticos que nos possibilitam a exercer o trabalho educativo de forma plena e intensa.

Plena, no sentido de conceber a educação como ação desencadeadora de desenvolvimento de pessoas e intensa, no sentido de um profundo envolvimento e compromisso com os nossos sonhos enquanto pessoas e cidadãos.

Não sei se você é assim, louco por educação, mas encaminho abaixo  alguns itens que poderão testar esse comportamento considerando também que trata-se de traços do moderno educador.

Então, você…

– É mesmo maluco por educação?

– Gasta mais tempo preparando material e avaliação para as aulas do que a própria aula?
– Já teve momentos em que chorou ou teve ímpetos de jogar tudo fora?
– Alguma vez você já se sentiu impotente no trabalho docente?
– Aposta que a confiança dos alunos aumenta à medida que o ano letivo avança e não o contrário?
– Sonha e vive com jargões educacionais?
– Quer ensinar o tempo todo: antes, durante, depois da aula, nos recreios, pela internet, redes sociais, etc.?
– Se concentra muito mais na aprendizagem do que no ensino?
– Seu planejamento educacional é cheio de lembretes e mensagens indicando revisões e alterações visando melhorias?

– Briga para manter sempre elevados os padrões de desempenho dos alunos?
– Discute os padrões acadêmicos com seus superiores?
– Tem aluno que te acha muito chato?
– É chamado de “caxias” por colegas de trabalho?
– Dorme pensando em modelos e técnicas para as próximas aulas?
– Busca muitas informações sobre educação em sites e redes sociais do que notícias comuns?
– Tem muito interesse em conversar com os parentes de seus alunos?
– Suspeita quase sempre de que o conteúdo empacotado nem sempre é conveniente para aquele momento ou turma?
– Os alunos parecem chateados quando você fica decepcionado com os desempenhos apresentados?
– Sempre pensa que poderia ter feito mais e melhor?

Se você responder “sim” a pelo menos 7 itens, então você é professor moderno e maluco por educação.

Caso tenha itens a acrescentar ou suprimir, encaminhe seus comentários.

 Postado por Michel Assali

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *