A rubrica como instrumento eficaz de avaliação

 

Olá, gente…avaliacao

 

Considerando o último bimestre ou trimestre letivo como o momento síntese das aprendizagens do planejamento, oportunidade em que muitas escolas realizam mostras, conclusões de curso e outras atividades, encaminho abaixo, uma sugestão de rubrica para avaliar atividades realizadas pelos alunos, tanto no formato individual e melhor ainda, para trabalhos coletivos.

 

A rubrica tem origem na webquest (atividade online) e nada mais é que quadro com um conjunto de critérios para habilidades e competências previamente discutidos e apresentados aos alunos.

 

Tais aspectos são organizados pelo professor ou professores das áreas envolvidas na atividade envolvendo até sugestões dos alunos, conforme os objetivos do conteúdo, disciplina ou níveis de ensino.

 

A rubrica pode ser utilizada com alunos de todas as idades e se constitui num excelente instrumento para mensurar habilidades e competências (saber, fazer, conviver, atitudes, valores), exigindo para tanto que sejam:

 

– identificadas as habilidades e competências a avaliar;

– considerados os aspectos relevantes da atividade;

– claramente explícitos os critérios de referência para cada nível escolhido.

 

Observe a sugestão de modelo abaixo que construí e utilizei.

 

SUGESTÃO DE RUBRICA

 

ESCOLA / COLÉGIO ……………………………………………………………………………………………….

Profº ………………………………………………………….   Disciplina / Área …………………………………

Projeto / Atividade: ……………………………………………………………………………

Nota: ………………………

 

Pergunta(s) de condução (Descrever a(s) questão(ões) mobilizadora(s) e norteadora(s) da pesquisa, do problema ou do tema a ser tratado.) 
Descrição da atividade (Descrever o que e o como os alunos irão realizar a atividade.)
Formato da apresentação (Detalhar a apresentação, introdução, conteúdo base, conclusão, bibliografia, etc.)
Cuidados e posturas (Forma de apresentar, vocabulário, roupas, tecnologias, tempo, etc.)

 

(Critérios: tratados com os colegas professores e sê possível, com os alunos.)

Conteúdo Insatisfatório Proficiente Avançado
Descritores / critérios ● O conteúdo não é explicado.

● Explicou o conteúdo, mas para fora do contexto.

● Explicou o conteúdo, mas de forma incorreta.

● Explicou o conteúdo, mas em uma maneira simplista e superficial

● Descreveu sem análise.

● Explicou, mas apenas em uma limitada forma, roteirizado e decorado.

● Explicou conteúdo contextualizando o conteúdo ou a apresentação.

● Explicou o conteúdo em profundidade e em detalhes.

● Explicou o conteúdo de forma clara.

● Explicou de forma analítica.

● Fundamentou a explicação com dados e provas.

● Respondeu às perguntas de forma a demonstrar conhecimento e confiança do conteúdo.

● Explicou o conteúdo completamente.

● Justificou totalmente sua explicação.

● Explicou de uma forma contextualizada e ampliou relacionando o conteúdo com outras áreas de conhecimento.

● Respondeu às perguntas de uma forma a demonstrar flexibilidade, novos contextos e aplicações do conteúdo.

Normas / regras   Descrever o conteúdo base a ser explorado, subsidiando com bibliografia sugerida.
Pontuação 0 a 5,9 6 a 7,9 8 a 10

 

Convém ressaltar que trata-se de uma sugestão de modelo e critérios podendo ser perfeitamente adaptáveis para as situações de acordo com o planejamento de cada professor, área ou disciplina de estudo.

Para tanto, existem rubricas de diversos modelos para as mais diversas situações de aprendizagem que você pode garimpar na internet e adaptar ao seu trabalho.

Pesquise sobre o tema e construa a sua.

Aproveite, também para compartilhar e enviar seus comentários.

 

Postado por Michel Assali

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *